Aplicativo ajuda síndico a gerir condomínio HIS


Embora ainda tenhamos no país um déficit próximo de 6 milhões de unidades, muito se tem avançado no combate à falta de moradias com programas como o Minha Casa Minha Vida, de caráter nacional, e outros regionalizados, como CDHU, Cohab e Cingapura. Com fortes subsídios para sua aquisição, as chamadas Habitações de Interesse Social (HIS) multiplicam-se pelo país, em grande parte agrupadas em condomínios. Só no Estado de São Paulo estima-se que cerca de 5 milhões de pessoas morem em condomínios HIS.
Como não despertam o interesse comercial de empresas que atuam na área, a administração de condomínios HIS fica nas mãos dos próprios síndicos, que muitas vezes não conseguem não conseguem dar conta do recado, podendo levar o empreendimento à degradação.
Com vistas a facilitar a vida de tais síndicos, um grupo de empreendedores lançou no mercado o SmartSíndico, um aplicativo para smartphones que oferece todas as ferramentas necessárias para a correta administração condominial HIS, de forma simples, barata, prática e eficiente.
Segundo Laerte Temple, um dos sócios da startup desenvolvedora do aplicativo, o grupo é formado por especialistas em administração condominial. “O SmartSíndico tem grande impacto social, pois atende plenamente o modelo de gestão desenvolvido para o Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID – pelos próprios sócios da startup, que depois o implementaram em milhares de unidades, muitas delas de CDHU e Cohab”.
“Já treinamos técnicos e moradores para as prefeituras de São Paulo e São Bernardo do Campo e publicarmos livros e manuais sobre o assunto. O SmartSíndico é a versão digital deste modelo de administração, que permite atingir grande escala a baixo custo, oferecendo maior qualidade de vida a milhões de moradores desse tipo de condomínio”, explica Cássio Thut, outro sócio.
CONDOMÍNIO NA PALMA DA MÃO – Além de facilitar as tarefas administrativas e financeiras a cargo do síndico, o aplicativo permite que todos os moradores tenham acesso às informações de seu condomínio, como prestação de contas, inadimplência, dentre outras. O SmartSíndico, destaca Guilherme Ribeiro, também sócio, “permite suporte aos aspectos legais que envolvem a administração do condomínio, bem como reforça a transparência na gestão. O aplicativo propicia ainda a comunicação entre síndico e moradores, a disseminação de informações técnicas e sociais úteis, além de videoaulas sobre condomínio e assuntos de interesse geral”.
Inicialmente disponível para Android, o aplicativo poderá, entre outras funções, desenvolver as seguintes tarefas: cadastramento do condomínio, blocos, unidades e moradores; emissão de boletos e recibos; fazer o rateio de cotas ordinárias e extraordinárias; rateio da individualização do consumo de água, lançar contas a pagar; registrar contas pagas, preparar pasta de prestação de contas, relação de inadimplentes, relatórios gerenciais; emitir avisos, convocações e comunicados.
O SmartSíndico foi selecionado pelo programa Pitch Gov SP como solução para desafios na área habitacional. Além disso, foi apoiado pela Estação Hack, primeiro centro de inovação do Facebook no mundo, com aceleração da Artemísia, e também pelo programa SP Stars, da Prefeitura de São Paulo.
Em www.smartsindico.com.br é possível baixar gratuitamente o aplicativo para melhor conhecer suas funcionalidades.
MAIS INFORMAÇÕES E AGENDAMENTO DE ENTREVISTAS:
ANTONIO MARCOS SOLDERA

(11) 3424.8089 (fixo TIM)
(11) 3221.9981 (fixo VIVO)
(11) 98131.8243 (TIM celular - WhatsApp)
(11) 97422.1270 (VIVO celular)
www.maioeditorial.com

MUNDO AGORA